Translate

19 de junho de 2012

Segunda mão também é "bão"!!



Vou arriscar falar de um assunto que eu entendo pouco: sustentabilidade.

Estou reformando meus quartos - sim, tenho mais de um. Um deles é meu quarto de dormir, outro é meu quarto de estudos/filmes.
Nessa reforma, com ideias de uma fan page do Facebook Crie e Faça Você Mesmo, eu decidi reutilizar alguns materiais velhos e manter alguns que já estão em uso: minhas prateleiras serão mantidas - não comprarei uma estante como tinha pensado a priori. A mesa da TV está em processo de reforma e será utilizada para pôr o meu aparelho de vinil (amo vinis). O rack, onde atualmente está o vinil, será utilizado para a TV e aparelho de DVD.
Estou angariando madeiras sem uso no trabalho para desenvolver decoração nas paredes e com a ajuda da fan page eu já tenho várias ideias pulando na cabeça.
Meu pai é um grande ajuntador de coisas. Tem uma caixa de madeira que está na reforma também, servirá para colocar livros de mais circulação.

Na minha ínfima compreensão, entendo que utilizar e reutilizar sem adquirir novos materiais é uma forma de sustentabilidade.

Nessa coisa de pensar em sustentabilidade eu lembrei dos meus livros. Eu compro livros usados e livros novos. Se o frete é bom, o livro perfeito e o preço é ótimo, eu abro mão do livro novo para comprar um livro de segunda mão. Por mais que possa soar estranho, eu vejo um certo romantismo em comprar livro usado:

- primeiro: eles vêm embalados em papel pardo: um charme

- segundo: são livros que já foram história em outras mãos. Acho isso mágico. Comprei a trilogia de Os Três Mosqueteiros  em loja de livros usados online. O último livro da trilogia (com sete volumes) de O Visconde Bragelonne tem quase setenta anos de vida! Tem a assinatura em caneta tinteiro e na capa as iniciais do antigo dono. Afora esses, tenho outras jóias similares nas minhas prateleiras.

Porém, o cheiro do livro novo também tem sua sedução.

E ao pensar em sustentabilidade, eu lembrei daqueles fãs de meia-hora que compraram o livro e depois se desfizem dele. Por ser fã de O Senhor dos Anéis eu vejo quantos livros foram vendidos para lojas de livros usados depois que a excitação passou . Uma febre também é a saga Crepúsculo que foram jogados fora depois da primeira leitura. E o bruxo Harry Potter?

Se formos comprar livros usados ao invés de livros novos (dos títulos que ambicionamos) será uma demanda menor de novas edições que as publicadoras terão o serviço de emitir. Com a emissão em baixa, menos árvores serão cortadas, menos tinta será gasta, e menos lixo será produzido!

Existe uma opção que é fazer download dos livros. Ótima ideia se for para ler no PC, tablet ou em qualquer outro dispositivo que não seja necessário o uso da impressão. Imprimir daí não vale!

Eu sei que pode parecer hipocrisia - para quem me conhece - falar sobre aquisição de livros usados. Tenho dois exemplares novos de O Senhor dos Anéis, dois exemplares de O Conde de Monte Cristo, comprei uma edição nova de Os Três Mosqueteiros quando já tinha a obra (ganhei de presente) na minha prateleira. Passei a antiga adiante, dei de presente para minha amiga Gi.

Tentarei, de agora em diante, comprar livros de segunda mão. Deixarei a vaidade de lado.

Talvez você pense que livros velhos são ruins para manusear, ou tem mal cheiro ou simplesmente não encontram um site de confiança para comprar de segunda mão. Vou pagar pau para um site que eu considero seguro para esse tipo de aquisição: Estante Virtual. É só colocar www na frente e .com.br no final que você estará online com todos os sebos do Brasil. Eu compro a quatro anos e somente uma vez me decepcionei com o produto; porém, fui ressarcida e ficou tudo certo. Meus livros da trilogia de Os Três Mosqueteiros eu comprei nesse site - os volumes de O Visconde de Bragelonne  vieram da Bahia! Alguns livros que usei em meu TCC foram comprados nesse site.

Pois então, essa é minha singela opinião sobre a sustentabilidade = reaproveitar os livros já publicados que foram vendidos às lojas de revenda de livros usados.

Existe um livro usado esperando por você! Compre!

Tudo é vaidade! ;)

Um comentário:

Adelita Olbrisch disse...

Eu estava fuçando o site da Estante Virtual, e olha o que encontrei!!!

http://www.estantevirtual.com.br/leiturasustentavel/conceitos.html

Beijos..